Augusto Corrêa se mantém no novo Mapa Turístico do Brasil

0

O município de Augusto Corrêa foi mantido no novo Mapa Turístico do Brasil (2019-2021) divulgado pelo Ministério do Turismo na última segunda-feira (26), no Diário Oficial da União (DOU). Este ano, Estados e Municípios tiveram que cumprir novos critérios, exigências e obrigações, entre elas, a obrigatoriedade da existência do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR).

O Departamento de Turismo, ligado à da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo conseguiu, em tempo hábil, a aprovação da Lei nº 001/2019 de 25/06/2019, em Sessão Ordinária na Câmara Municipal deste município. Em julho deste ano foi criado o COMTUR com os integrantes da categoria do turismo do município.
Com essa nova atualização do Mapa, apenas quatro municípios, dos quinze da Região Turística Amazônia Atlântica, conseguiram se manter no novo Mapa Turístico: Augusto Corrêa, Bragança, Salinópolis e Tracuateua. Vale ressaltar que antes o Estado do Pará estava dividido em 06 Polos Turísticos (Belém, Marajó, Amazônia Atlântica, Araguaia-Tocantins, Tapajós e Xingu) e agora essa configuração passou a ser denominada Regiões Turísticas e passou a ser dividida em 14 regionais.

Para Amós Amorim, Diretor Municipal de Turismo, a nova configuração beneficia o planejamento turístico do município. “Nosso município fazia parte do Polo Amazônia Atlântica, junto com outros 49 municípios. Isso dificultava muito o planejamento e ações para se executar regionalmente. Agora estamos em uma regional que possui apenas 15 municípios, que permite agilidade na troca de informações e planejamento”, explicou Amorim ao informar que Augusto Corrêa agora faz parte da Região Turística Amazônia Atlântica Caeté.

Os 15 municípios que fazem parte da Região Turística Amazônia Atlântica Caeté, são: Augusto Corrêa, Bonito, Bragança, Cachoeira do Piriá, Capanema, Nova Timboteua, Peixe Boi, Primavera, Quatipuru, Salinópolis, Santa Luzia, Santarém Novo, Pirabas, Tracuateua e Viseu.

Para mais informações visite o site do Ministério do Turismo: http://www.regionalizacao.turismo.gov.br

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade