3º Jogos Paralímpicos Escolares de Augusto Corrêa encerraram hoje

0

A terceira edição dos Jogos Paralímpicos Escolares de Augusto Corrêa foi encerrada na manhã desta quinta-feira (5), com a entrega das medalhas aos vencedores das respectivas modalidades. Um show de esporte e inclusão no município de Augusto Corrêa.

Monique Eduarda, 7 anos, possui deficiência física e competiu no atletismo nos 100m, conquistando o terceiro lugar. “Mesmo quem fica em último é vencedor, pois superou as dificuldades que enfrentamos diariamente. Estou melhorando cada vez mais na competição e tenho muito orgulho de ter conseguido essa medalha”, destacou a competidora que agradeceu a mãe e as professoras pela torcida.

Foram dois dias de jogos que envolveram 72 alunos nas competições de atletismo, arremesso de peso, parabadminton, vôlei sentado, bocha, tênis de mesa e futsal adaptado. A coordenação do Centro de Atendimento Educacional Especializado Marilene Nascimento (CAEEM), fez um balanço positivo da realização do maior evento esportivo voltado para crianças deficiência em idade escolar da região.

Segundo o CAEEM, existem atualmente 424 crianças com deficiência em todo município de Augusto Corrêa que são atendidas pelo centro ou escolas da rede municipal de ensino. Na Paralimpíada deste ano estavam inscritos alunos que possuem deficiência física, visual, auditiva, intelectual e com alguma lesão cerebral.

“2019 foi o ano com maior participação de alunos, pais e público geral que acompanharam de perto a programação. Isso nos deixa muito felizes”, destacou Rosenilde de Cássia, secretária de Educação, ao entregar a premiação com equipe do CAEEM.

O processo de inclusão de crianças com deficiência está cada vez mais evidente dentro da gestão municipal que tem dado uma atenção especial para causa, criando e apoiado iniciativas que venham fortalecer a inclusão de todos na educação, esporte e cultura, além de investir em infraestrutura adequada nas unidades de ensino, com a valorização dos profissionais que atendem as crianças.

Para coordenadora de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação, Edileusa Cardoso, esse avanço está sendo crescente nos últimos três anos, graças ao compromisso da gestão municipal. “Estamos avançando a cada ano e os alunos estão engajados em participar. Agradecemos também as famílias que dão apoio, e isso é fundamental”, disse Edileusa Cardoso.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade