Prainha é o lugar Ideal para se Desligar da Rotina da Cidade no Período de Férias

0

De frente para o Oceano Atlântico, temos uma das mais belas janelas para mar, que fica a sete quilômetros da sede municipal de Augusto Corrêa: a Prainha. A praia rústica e aconchegante é ideal para quem procura
contato com a natureza, num cenário que se diferencia das demais praias paraenses por ter uma pequena faixa de areia quando a maré está cheia e uma imensidão de solo firme, quando a maré baixa.

Há duas formas para se chegar a esse paraíso que é pouco conhecido dos turistas convencionais. O trajeto por via fluvial sai do porto de Augusto Corrêa, com barcos previamente agendados com próprios barqueiros do
porto, onde é possível dar uma volta pelo Rio Urumajó, que banha a cidade. Mas a forma mais tradicional e fácil é por via terrestre, pela estrada vicinal de Augusto Corrêa/Ponta do Urumajó. Ao sair da vicinal é preciso seguida uma trilha de cerca de um quilômetro e meio até chegar a praia, passando por dentro de propriedades privadas, mas sem nenhuma restrição de passagem.

Ao chegar na Prainha o visitante se depara com alguns ranchos (pequenas casas de madeira e palha, construídas com altura suficiente para que a água passe por baixo sem prejudicar a construção) que pertencem a moradores e visitantes de temporada. As construções típicas do local marcam a paisagem desse lugar que fica dentro da Área de Proteção Ambiental (APA).

Por se tratar de uma área de proteção, não existem serviços de restaurantes e bares. O turista precisa levar tudo o que pretende consumir, com o cuidado de levar de volta todo o lixo produzido para manter a área com a natureza preservada. Agora é só agendar o passeio e curtir essa praia que faz parte de uma dos roteiros mais apreciados pelos moradores de Augusto Corrêa.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade